segunda-feira, 1 de outubro de 2007

Telefônica continua agindo de má fé

Inacreditavelmente a Telefônica continua agindo de má fé, com o único objetivo de prejudicar o consumidor!

Veja o que eles chamam de "Visão e Valores" da empresa:

1- A confiança resulta do cumprimento de compromissos. Também é resultado de entender e compreender as necessidades de todos os grupos de interesse.
2- A confiança de nossos clientes é conseqüência do nosso esforço em ouvi-los, em anteciparmos suas necessidades e em estarmos sempre à procura da excelência.
3- A confiança de nossos acionistas baseia-se na produção de resultados, na transparência e na honestidade.
4- A confiança de nossos empregados se constrói em cima do crescimento pessoal e profissional de todos, como grupo, e de cada um individualmente.
5- A confiança de nossos provedores e sócios é resultante da busca de benefícios mútuos em todas as nossas operações.
6- A confiança dos países nos quais operamos determina nosso grau de compromisso com o progresso econômico, social e tecnológico de todos.
7- A confiança da sociedade será sustentada pelo respeito aos direitos humanos, a proteção do meio ambiente e o respeito pela diversidade cultural.
8- A confiança em nosso serviço se baseia na fiabilidade de nossas operações e na capacidade comercial de nos adaptarmos às necessidades de nossos clientes.
9- A confiança é resultado da aplicação de toda nossa capacidade tecnológica na inovação de produtos e serviços que melhorem a qualidade de vida.
10- A confiança em nosso capital humano é o motor que nos impulsiona no atingimento de nossa visão como empresa.
Fonte: Telefônica

Realmente você acha que o texto acima é um fiel retrato do que a Telefônica faz e representa?

Descumprir uma decisão judicial!
Enganar o consumidor!
Confundi-lo!
Se recusar a atende-lo!

Descumprem a decisão judicial, no momento em que não comunicaram todos os seus clientes de que foi criado um usuário e senha específicos para ele usar sem custo nenhum, e sobre seu direito a indenização.

Enganam o consumidor no momento em que ele liga pra central de atendimento da empresa e a atendente num procedimento estúpido e mentiroso diz que com o login e senha disponibilizado pela empresa, ele não pode acessar os mais comuns sites e programas, como ORKUT e MSN Messenger.

Engana e confunde a partir do momento em que coloca no site, no último dia e na última hora, um comunicado:

"COMUNICADO IMPORTANTE

A Telefônica comunica a você cliente Speedy que, de acordo com decisão judicial não definitiva, a partir de hoje (quarta-feira, 26 de Setembro de 2007) oferece a conexão à internet através do login 'internet@speedy.com.br' e da senha 'internet'.

Você, que já possui um provedor, poderá conectar-se com o login e senha acima descritos. Entretanto, este acesso não inclui os serviços, tais como: e-mail, conteúdos de acesso restrito, entre outros.

Ainda, a decisão não cancela os serviços de provedores de internet já contratados por você, que poderá optar por continuar fazendo o login através do provedor que já contratou e manter os serviços que possui atualmente. Neste caso, você não precisa fazer nada – basta continuar utilizando o login e senha do seu provedor atual. Caso queira entender melhor estes serviços e/ou alterá-los entre em contato com o seu provedor.

Mais informações podem ser obtidas em nossa Central de Relacionamento."

E 48h depois, sorrateiramente, altera esse comunicado:

"COMUNICADO IMPORTANTE

A Telefônica comunica a você cliente Speedy que, de acordo com decisão judicial não definitiva, a partir de hoje (quarta-feira, 26 de Setembro de 2007) oferece a conexão à internet através do login 'internet@speedy.com.br' e da senha 'internet'.

Você, que já possui um provedor, poderá conectar-se com o login e senha acima descritos. Entretanto, este acesso não inclui os serviços, tais como: e-mail, conteúdos de acesso restrito, entre outros.

A Telefônica esclarece que o serviço de conectividade, realizado por meio do login acima, será cobrado no valor de R$8,70 em prazo a ser definido.

Ainda, a decisão não cancela os serviços de provedores de internet já contratados por você, que poderá optar por continuar fazendo o login através do provedor que já contratou e manter os serviços que possui atualmente. Neste caso, você não precisa fazer nada – basta continuar utilizando o login e senha do seu provedor atual. Caso queira entender melhor estes serviços e/ou alterá-los entre em contato com o seu provedor.

Mais informações podem ser obtidas em nossa Central de Relacionamento."

E recusa a atender, quando você no seu direito de consumidor, liga pra empresa e ela não lhe passa as informações e quando você a questiona, ela lhe maltrata.

No comunicado a Telefônica diz "em prazo a ser definido" porque NÃO tem autorização para cobrar pelo serviço.

A sentença foi dada com base, entre outros argumentos, de que NÃO a necessidade de provedor. Ou seja, não a necessidade, porque não a serviço a ser prestado.

Outro ponto é que essência do processo é a "Venda Casada". Não tem cabimento a decisão proibir a Telefônica de exigir provedor adicional (porque não a necessidade) e a própria Telefônica decidir "prestar" o serviço e cobrar por ele.

E o cumprimento correto da sentença seria a Telefônica liberar o acesso, não solicitar autenticação. Exemplo, como o Virtua da NET, que basta ligar o computador e usar, não é necessário discador e nem autenticação.

É importante ressaltar também que essa é a decisão ATUAL, e deve ser cumprida interinamente. Porém ela pode ser apelada e pode ser mudada. Mas enquanto isso não ocorrer a decisão é valida e deve ser cumprida.


Tag: Speedy no: e
Tag: Telefônica no: e
Tag: ANATEL no: e
Tag: ABRANET no: e




blog comments powered by Disqus